Arquivo do mês: março 2007

Estou ouvindo Chico Buarque

Quisera eu escrever como Chico, que mito!
Todas as palavras que se encontram e se despedem nas linhas heterogêneas de cada refrão. E não só o refrão, todo o resto também. O vizinho está ouvindo funk, mas não me importo com a afronta. Que onda… É isto, não me canso, aliás só descanso ao ouvir os sambas que embalam as emoções escondidas onde não consigo chegar. Apenas através de Chico. Que mito!

Anúncios