A turbulência que não passou

Nas 491 páginas do livro “A Era da Turbulência –Aventuras em um novo mundo”, do ex-chairman do banco central dos Estados Unidos, o Federal Reserve (FED), Alan Greenspan, existem alguns sinais claros de que a crise do subprime estava por vir.

Entretanto, quando a crise abalou os mercados, os articulistas de todo o mundo condenaram a “frouxidão” da política de juros da era Greenspan à época em que o mercado imobiliário estava em seus anos de ouro. E as resoluções são sempre as mesmas: mercados irresponsáveis conseguem o socorro financeiro do país ao final de ciclos de grandes ganhos para não causar uma crise generalizada.

Independentemente da abordagem (é preciso ter cuidado para não internalizar temas dados por certo), acompanhar a trajetória deste economista que participou até de conversações com a Rússia pós União Soviética para apoiar na transformação da economia do país em um modelo capitalista é no mínimo, curioso.

O livro é uma viagem a um período de grandes transformações socioeconômicas. Ele foi e é sem dúvida uma testemunha ocular de bastidores políticos e econômicos inimagináveis.

Anúncios

2 Respostas para “A turbulência que não passou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s