Indígenas selvagens?

Janaina Goulart

Um grupo indígena atacou um representante da Eletrobrás após ele ter feito uma apresentação de como seria o projeto de construção de uma usina hidrelétrica a ser instalada próxima à aldeia da tribo.

Não quero ligar para nomes, nem para cargos, quem falou o que, nem para quem está certo ou errado. Só quero manifestar que a mídia continua fazendo o joguinho de “índios selvagens atacam homem branco” e que isso é revoltante.

Não defendo a atitude da agressão (que pelo que vi na TV foi realmente séria), mas o que é impossível é a idéia de demonização pela qual os primeiros habitantes do território que hoje se chama Brasil são submetidos.

Só para contextualizar o temores e a atitude desesperada dos representantes da tribo, imagine se um dia chega um grupo de engenheiros que precisam desviar toda a água que abastece o prédio em que você mora para a construção de um super empreendimento nas redondezas. Isto vai fortalecer o comércio local e trazer o desenvolvimento. A idéia do progresso é ótima! Vai trazer mais investimentos para o bairro, talvez até valorize seu apartamento.

Mas a questão é: você e seus vizinhos precisam da água para viver, mas ninguém os ouve. Vocês reclamam, fazem um abaixo-assinado contra as obras, mas não são ouvidos. Daí um dia, o grupo de engenheiros resolve fazer uma palestra para você e seus vizinhos para dizer como é grandioso o projeto que eles têm em mãos, e que vão fazê-lo, e pronto.

Como toda a população do seu prédio se sentiria? Talvez desrespeitada? Humilhada? Constrangida? Pois bem, esse é exatamente o sentimento de centenas de indígenas que serão obrigados a mudar seus locais de plantação, sua terra, deixando parte de seu passado submersos em um lago artificial, necessário para o represamento da água.

Quantos deixarão de visitar e cultuar seus mortos porque os corpos estarão no fundo do lago? Para muitas pessoas isso não é importante, mas isso não vem ao caso. Estou falando de uma cultura que deve ser respeitada, reconhecida e admirada.

E quando escuto declarações de que a Polícia Federal vai intervir e “punir os infratores”, percebo como toda a questão foi reduzida a uma situação a ser enquadrada nos rigores de uma lei que não é igual para todos. Algumas coisas continuam iguais desde a colonização deste território por Portugal e a discussão sobre a causa indígena foi reduzida a achismos e sensacionalismo da mída…

Foto: AP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s